Somos o Atelier do Futuro. Amamos o ofício da pesquisa e somos movidos a investigar o espírito do tempo.

CONTRA UM FUTURO DISTÓPICO, HETEROTOPIAS. 

Em 2013, o Atelier do Futuro deu seus primeiros passos. Era um sonho de longa data da pesquisadora e curadora de novos cenários culturais, Mariana Nobre. Naquele momento, vivíamos um despertar para a cidadania, que ela mapeava desde os movimentos mundiais de retomada das ruas em 2011. Tudo isso estava em seu radar enquanto colaborava com os relatórios de anarquia digital da The Future Lab, empresa londrina a qual representava no Brasil, em sua atuação na Voltage, uma das pioneiras empresas brasileiras de pesquisa de inovação e tendências.

A correlação entre os movimentos emergentes do início dos anos 10 deste século e seus embriões na história recente, datados do fim dos anos 60, fez com que Mariana resgatasse o espírito daquele tempo na narrativa do Atelier do Futuro. 1968 passou a ser um tempo coexistente, com sua promessa de futuro apoteótica, mas, ao mesmo tempo com grandes feitos reais (lógica das redes, cultura open source, as noções de sustentabilidade e as jornadas de maio em Paris são só alguns ícones deste momento emblemático...)

A tensão e coexistência entre tempos mostram perspectivas históricas e nos tiram da lógica da obsolescência. Aliás, um dos grandes pilares teóricos de observação do futuro para o Atelier é a transição dos modelos sócio-econômicos entre os paradigmas industriais e pós-industriais e suas consequências para a cultura.

 

Sendo assim, 1968 não é apenas uma alegoria ou mesmo uma heterotopia, como diria Foucault. E sim um ponto de partida para a filosofia da história, fundadora do termo ZEITGEIST/ o "espírito do tempo", e do nosso devir como atores da história presente. 

Se há muita distopia entre os olhares preditivos sobre o futuro, resta a nós, investigadores destes embriões históricos, ressignifica-lo. 

Vamos juntos?

Nosso Processo

Passo 1

Mapeamento Constante

De trendsetters e hubs de Inovação, com processos que vão da etno à netnografia e forúns de discussão presenciais ou online. 

Passo 2

Triangulação Cultural

Analisamos as reincidências no Brasil e as problematizamos.

Passo 3

Inovação às metodologias

Trazemos inovação metodológica em nossos estudos proprietários

ou ad hoc.

Passo 4

Curadoria de especialidades

Chamamos experts, makers ou protagonistas sociais para dar dimensão aos dados e gerar insights.

Do zeitgeist ao consumo,

sempre priorizando a adesão social.

Acreditamos que estratégias bem sucedidas advêm da rica observação social. Estar afinado com o espírito do tempo e com os embriões do futuro é fundamental para minimizar erros e estar à frente na história.

Seu trabalho é uma vanguarda?

Se o seu trabalho, projeto ou estilo de vida representam um movimento sócio cultural emergente, queremos conhecer você. Faça parte do nosso banco de trendsetters e participe de pesquisas remuneradas e oportunidades de trabalho. Preencha o formulário e nossos curadores entrarão em contato. 

2020, ou 1975. todos os direitos reservados.

CONTATO

Fone: 11-97687-1368 

Email: marinobre@atelierdofuturo.com.br

Rua Brigadeiro Tobias, 55-13. Centro - São Paulo. CEP: 01032-000

ATELIER DO FUTURO

7 ANOS

DESDE MAIO DE 2013

(OU MAIO DE 1968).